RPG está morrendo?


É isso aí, não é de hoje que estou verificando uma drástica queda no nosso querido hobby.

A primeira coisa a se notar é no volume de publicações que não estão acontecendo. Dei uma olhada no site dos Magos da Costa (Wizard) e até mesmo lá, há poucos acessórios e livros, há uma onda de Antiga Escola… do site dos Lobinhos (White Wolf), há espaço para todos, mas nada chama muita atenção. Se foi a época em que se entrava nos sites das editoras e ficávamos loucos com as atualizações dos romances, das aventuras e dos cenários. Hoje parece tudo muito estático.

Isso se reflete aqui em terras tupiniquins, o site da Devir quase não se tem novidade de livros e o da Jambô tenta sobreviver com os livros da Tormenta, que diga-se de passagem estão sendo a melhor alternativa para os dias de hoje.

Mas não acredito que seja só mesmo a falta de bons redatores, nos dias de hoje os jogadores tem muito a dever com a galera dos anos 80 e 90, auge do RPG no Brasil. Sim, era uma novidade, não havia internet (não como hj) e muito menos os MMORPGs. Mas tínhamos outros grandes atrativos, como uma boa partida de pelada na praia, soltar pipa e jogar um Street Fight II no flipper ou no SNES do seu primo riquinho. E mesmo assim, bombava as lojas de quadrinhos com a galera trocando cards e jogando o Hero Quest e o Dragon Quest. Dungeons & Dragons em português, só de Portugal e era o máximo aquelas páginas todas azuis ou as xerox encadernadas.

Hoje os jogador de RPG tem tudo a mão: lojas,  principalmente na internet, com preços mais atrativos, sites que disponibilizam conteúdo para download, fóruns para trocar ideias e duvidas e mesmo assim não vejo nosso hobby ganhando as devidas proporções.

Para mim o maior vilão mesmo, além da tecnocracia, somos nós antigos jogadores. Nós deveríamos ter criados jogadores apaixonados como éramos e criar clubes, associações e tudo o mais para que a nova geração conseguisse manter o hobby. Talvez ainda haja tempo então vamos arregaçar as mangas e colocar nossos dados para rolar um “SAVE THROW” e se passarmos salvamos nosso hobby se não, ZIMMMM!!! O Computador é seu amigo e seu clone número 3 está disponível no nível laranja, seja feliz cidadão, o computador é seu amigo :)

[tweetmeme only_single=”false”]

3 thoughts on “RPG está morrendo?

  1. grupos de rpg sempre foram grupos fechados, e o rpg sempre foi um lazer elitista, tanto que para se começar a jogar AD&D em 1996 não se gastava menos de 120 reais em livros, mais dados e eventuais miniaturas (e numa época em que o salário mínimo não passava de 150 reais, isso era caro pra cacete). Ao meu ver os maiores responsáveis pela divulgação do rpg na década retrasada foram a editora Abril, que volta e meia falava de seus lançamentos de rpg em seus gibis e publicava a dragon magazine brasileira, o Jornal Globo, tanto que no substituto do globinho havia uma coluna só para rpg, e tinha a antiga dragão brasil. Hoje em dia há outras alternativas, apesar de não muito populares, como jogar on line, seja em fóruns ou os massivos on line. mas quanto ao rpg de mesa estar morrendo, sim, podemos dizer que está, pois o mais próximo que temos de eventos de rpg no rio sendo divulgados são os encontros do rpg no bobs. Mas ainda há rpgistas por aí, alguns tentando adaptar seus horários, ou outros ainda a serem descobertos, é uma questão do velho safado aparecer para entregar a quest.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s