Minhas férias 2008


Bem como podem ver agora parece que estou finalmente de férias. Acordar mais tarde sem hora para tomar café, ficar de pijama até a hora do almoço e tirar uma pestana no sofá da sala enquanto assiste ao jornal hoje. É finalmente FÉRIAS!

Agora sem brincadeira, minhas férias começaram estranhamente, primeiro por que não sai na semana certa, tive que ficar uma semana a mais para fechar um trabalho.

Sexta… Na sexta dia 8 finalmente saí, pensei que iria descançar viajando. Acordei ás 7h da madrugada, minhas roupas e minhas senhora já estavam prontas, tudo apertadinho em nossas bolsas de viagem. Tomamos um rápido café e fomos pegar o ônibus. Nosso destino… Petrópolis!

Eu estava entusiasmado, iriamos ver a casa do Santos Dumont, a casa da princesa Isabel, do Rui Barbosa, o Orquidário e o palácio Quitandinha, no qual esperava tomar um bom gole de hidromel. Pena que nem tudo foi assim :(

A viajem em si até que foi bem legal, rápida e tudo o mais, mas ao chegarmos na cidade tive um surto, uma fóbia, demofóbia para ser exato. Era muita gente, o centro da cidade estava lotado, eram quase 12horas, haviam jovens estudantes por todo lugar os restaurantes estavam cheios e o pior comerará a cair uma fina chuva.

Fomos para um hotel, nome bacana, recepção bacana, mas o quarto era pequeno, o frigobar estava desligado e o cheiro não me agradou. Então fomos tentar ir a tal famosa rua Teresa, na qual tudo é uma pechincha. Depois de caminhar, caminhar, caminhar e continuar caminhando pela Teresa, descobrimos que não era tão fabulosa.

Voltamos para o hotel fechamos a conta e voltamos correndo para nosso lar. Em casa rimos muito, nós não estamos preparados para uma cidade tão urbana como Pedrópolis, este foi o nosso erro. Ir a uma bela cidade com diversos encantos, mas que para nós estava nos sufocando por ser muito parecida com as ruas do Rio de Janeiro.

Sendo assim resolvemos cuidar de um assunto que estava parado a quase dois anos. Arrumar o tão bagunçado quarto do PC.

Sábado…. No sábado fomos acordados pelos entregadores de móveis, nossos móveis que haviamos comprado duas semanas antes para chegarem até a quinta antes do dia 8 só chegaram no dia 9. Se tivessemos ficado em Petrópolis eles iriam bater com a cara na porta.

Deus escreve certo por linhas tortas, há máles que vêm para o bem e coisa e tal. Você já deve ter ouvido estes ditos em algum momento de sua vida, eu também, mas nunca havia os empregado com tamanho vigor como naquele sábado.

Agora com os móveis falatava começar a arrumar as coisas o dia do sábado se foi, e e Val tiramos dois sacos de 100 litros só de lixo. Eram papéis, CDs, capas de plástico e tantas outras tranqueiras que ficamos surpresos quando acabou… A PRIMEIRA parte.

Domingo… No domingo fui na casa da mamãe, era dia dos pais e filei um almoço. Filei também a sobremesa e claro o lanche da tarde. A noite nossa grande idéia de arrumação se deu ao montar os móveis, até que não foi ruim. Segui o manual e tudo ficou bacana, economizei pelo menos uns vinte reais. Montei também os cubos que minha senhora tanto gostou e queria para adornar as paredes brancas de nossa sala.

Segunda… Na segunda-feira de volta ao terrível quarto, ainda uma bagunça, mas com menos lixo. O desafio agora era tirar os antigos móveis e os colocar na sala. No final deste dia a casa estava completamente zoniada. Alguém já falou que para arrumar algo há de desarrumar algo e nós levamos isso ao pé da letra. A sala estava no banheiro, o banheiro no quarto, o quarto na sala, a cozinha, na copa e a copa…nem sei mais. A terça-feira clareou e nos ainda estavamos colocando mais sacos de lixo para fora.

Terça… A terça tinha cara de ser segunda ainda, os antigos móveis estavam na sala. O Onil veio ao meu chamado e me ajudou, levamos os móveis que não queriamos para casa dele. Ainda na terça os últimos móveis novos chegaram, finalmte…

Quarta… Foi dia de bate-bate, fura-fura, monta e desmonta e de varre-varre. Mas no fim da quarta o tão desorganizado quarto do PC estava paraccendo de gente. Eu e minha senhora ficamos boquiabertos com o resultado. Agora só faltava mesmo os pequenos detalhes e a faxina geral.

Quinta… Quinta-feira começou com bem, já haviamos chumbado os cubos nas paredes, as prateleiras, já estava tudo em seu lugar. Foi um dia mesmo para faxina geral. No fim do dia a casa estava um brilho, um cheiro maravilhoso, ao som de O CHÃO VAI TREMER, só faltava trocar as cortinas no quarto do amor. Que para nossa frustação estavam com defeito de fabricação.

Sexta… Sexta-feira, uma semana que haviam começado minhas férias e parecia que ainda estavamos no mesmo dia. Meu nível de stress devia estar muito alto o da minha esposa também. Mas na sexta tudo foi bem trocamos a bendita cortina e voltamos para nosso lar. Coloquei assim que chegamos em casa e dei um belo grito… TERMINOU!!!!! Sim haviamos terminado a maratona de arrumar a casa. Foi uma semana bem desgastante, não me via de férias, mas olhando para a casa hoje me sinto bem, está arrumada, cheirosa e tem um visual que lembra muito o casal que somos. Um casal meio doido, sem tempo, chatos em certos aspectos, mas que somos únicos em nossas particularidades.

Agora, que venham realmente as férias, que eu possa descançar, ler meus e-mails, jogar, escrever minhas aventuras e estudar.

Desculpe-me pelo texto extenço, mas é isso aí, mais ou menos.

 

Technorati Marcas: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s