Lágrimas congeladas – Morre Alphonse Montante Luzente!


Resumo da aventura de sábado 07 de Junho de 2008.

É com muita tristeza que venho escrever nestas páginas que envio para a biblioteca de Palanthas está triste tragédia.

Chegamos por fim as terras cobertas pelo manto gélido, os homens da cordoálha estavam feridos, não apenas seus corpos mais seu espírito, nosso líder Alphonse bem que tentou, sua presença amenizava o desanimo que o frio trazia em nossas almas.

Assim que desembarcamos podemos ver que ali não era um lugar muito hospitaleiro, corpos de homens-morça encontravam-se cobertos por neve e manchavam a praia com seu sangue fétido. Também vimos partes de armaduras dos gentis amigos que chegaram a praia primeiro que nós. Um verme gigante com a pele coberta por um estranho óleo também foi avistado e então seguimos a trilha do rio.

Chegamos por fim ao castelo de Oswaldo senhor destas terras, mas não o encontramos, formos recebidos primeiramente por Oslavo, suponhamos que este é o chefe da guarda, mesmo sendo bem jovem. O líder no momento, a quem nós recepcionou foi Bárbara, uma jovem de pele alva coberta por pêlos dourados assim como seu cabelo longo e trançado. Ele nos contou que seu pai e seu irmão Oswaldo, haviam saído para abrir o portão que leva ao Castelo de Gelo, onde vivem os gigantes e a feiticeira da neve. Disse também que esta era uma viagem só de ida e que seu amado pai não voltaria assim como seus homens. Raphael nos deixou e rumou para o Castelo de Gelo, alguns de seus homens desertaram, não por covardia, mas por achar que seu líder estava passando por um momento de insanidade causada pela paixão por Lívia.

Alphonse acolheu estes como seus e ouviu o conselho do skalt que ainda estava no castelo, pai de Oswaldo. E assim rumamos para o concelho dos machados, onde alguns clãs do sul gelado iriam se reunir e assim fortalecer para enfrentarem os gigantes de gelo.

Durante a nossa viagem encontramos um grupo de estranhos homens encapuzados numa macabra procissão, estes se revelaram draconianos. Uma ceita macabra-hereges e párias, adorando um dragão morto-vivo. O confronto não foi fácil, o magi que estava conosco usou seus poderes e as chamas inseneraram grande parte deles. O clérigo de Habbakuki orou e sua fé nos livros de muitos ataques que seriam mortais. Sem a coragem desprendida da cavaleira do cisne nós cavaleiros não teriam combatido como nunca. E foi aí que tudo veio abaixo, o tempo parou, todos nós vimos quando um dos homens dragões desceu do céu empunhando uma lâmina fria e brinlhante, ele chocou contra Alphonse a espada de nosso líder brilhou como o sol nascente a criatura ficou ofuscada, mas uma segunda vinda por trás lhe estocou com uma adaga fria. Alphonse sentiu uma dor horrenda e então no local da ferida surgiu uma manha escura, as veias se dilataram e os olhos se tornaram cheios de sangue, uma grande quantidade de sangue negro foi espelida, mas o grande cavaleiro caiu. O combate terminou, mas nosso líder pereceu e só nos resta agora honrar sua morte salvando sua prometida Lívia.

 

4 comentários em “Lágrimas congeladas – Morre Alphonse Montante Luzente!

  1. Deixa eu ver se entendi direito: Meu personagem que estou jogando há quase 3 ANOS DESDE O PRIMEIRO NÍVEL foi morto numa seção surpresa que nem sequer fui avisado dela? Ò_Ó

    O bárbaro não tem uma espada que traz a gente de volta?

  2. Encontrei o blog por acaso, mas gostei da estória, não costumo jogar muito RPG, mas adoro acompanhar o andamento das aventuras.. Realmente é sacanagem uma sessão surpresa, sem avisar todos os jogadores.

    Abs..

    1. Puxa! Valeu! Acompanhe esta saga que está muito maneira.
      Falando nisso o personagem Alphonse não morreu, fui tudo uma pegadinha com o jogador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s